• Stoff Costa

Elenil da Penha diz que vai sugerir diálogo entre Estado e medicos do HRA que ameaçam pedir demissão

Deputado defende o diálogo entre Estado e categoria em busca de um acordo.



Após informações de que vários médicos que atuam no Hospital Regional de Araguaína (HRA) estão com carta de demissão pronta caso não haja acordo com o Governo do Estado quanto ao pagamento da indenização financeira instituída recentemente através da Medida Provisória nº 15/2020, assinada pelo governador Mauro Carlesse (DEM) no mês passado.


O deputado estadual Elenil da Penha afirmou ao "O na Íntegra" que vai conversar com o Secretário de saúde do do Estado do Tocantins Luiz Edgar Leão Tolini, para sugerir que o mesmo se reúna com a categoria para dialogar e chegar a um acordo.


"A responsabilidade é do Governo do Estado. Vou sugerir ao secretário de saúde que se reúna com a classe e através do diálogo cheguem a um acordo" comentou o parlamentar.


O parlamentar comentou também que MP que concede bônus salarial apenas para os servidores da saúde que atuam nas alas de tratamento da covid-19 foi aprovada recentemente e faz-se necessário paciência e compreensão para que os pagamentos comecem a serem efetuados.


Elenil fez questão de frisar que o momento é delicado e estamos em meio a uma pandemia e a prioridade é salvar vidas.


"Não vou entrar no mérito de quem tem razão, o momento é de união e a prioridade é salvar vidas" afirmou Elenil da Penha.

161 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por BLK Entertainment Brasil. Todos os direitos reservados a O na íntegra comunicação e mídia.