• Stoff Costa

Decreto da morte: com novo decreto Dimas arrisca a vida dos araguainenses

Em novo decreto prefeito de Araguaína autoriza abertura de parques, clubes, escolas particulares e bares.




O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas fingi desconhecer os riscos e o número de mortes de araguainenses por Covid19 e pública novo decreto autorizando reabertura do parque Cimba, clubes, bares e escolas particulares no município.


De acordo com o portal AF Notícias, A reabertura gradual das atividades de Araguaína continua sendo realizada e mais áreas foram incluídas pelo novo Decreto 240/20, que está publicado no Diário Oficial do Município dessa segunda-feira (13). Segundo a prefeitura, esse passo foi possível devido à desaceleração do contágio da covid-19 e o crescimento da disponibilidade de leitos.


"A meu ver, o epicentro passa a ser Palmas, estamos abaixo da média e a tendência é de queda. Temos hoje em funcionamento 46 leitos de UTI e 65 clínicos, com a possibilidade de ampliarmos mais 5 de UTI e 10 clínicos no Hospital Municipal de Campanha e os que aguardamos com a primeira etapa do Hospital Municipal Eduardo Medrado”, afirmou o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas.


"A taxa de ocupação desses leitos segue variando entre 50 a 70%, mas já há duas semanas não chega aos 80%. Isso nos dá margem para que mais medidas sejam adotadas”, concluiu Dimas.


Pelo novo decreto, o Parque Cimba já poderá ser usado nesta quinta-feira (16). Para isso, a Secretaria da Educação, Cultura, Esporte e Lazer estabelecerá algumas regras a serem divulgadas.

Os clubes recreativos também podem voltar a receber pessoas, porém a prática de esportes de contato continua suspensa e por isso quadras, ginásios e campos esportivos seguem interditados.


O decreto mortal do prefeito Ronaldo Dimas chega na mesma semana em que um levantamento feito pelo O Globo mostra que dez estados mais o Distrito Federal apresentaram crescimento no número de mortes se comparado com a semana anterior.


Os números usados no painel são os compilados pelo consórcio de veículos de imprensa que monitoram as estatísticas da Covid-19 no Brasil, formado por O Globo Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de São Paulo.


Segundo o levantamento, os estados em tendência de alta são: DF, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.


Mesmo assim, o atual chefe do executivo prefere arriscar a vida do araguainenses e não desagradar um determinado público e setores em ano eleitoral.


1,011 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por BLK Entertainment Brasil. Todos os direitos reservados a O na íntegra comunicação e mídia.