• Stoff Costa

Candidatos araguainenses não informam arrecadação ao TRE e podem ser investigados por caixa 2

Inúmeros carros adesivados, materiais de campanha sendo distribuídos e matérias profissionais de áudio visual sendo compartilhados nas redes sociais, sem apresentação de relatórios financeiros são indícios de caixa 2.

Até a noite desta Sexta-feira (02/10), a grande maioria dos candidatos a vereadores de Araguaína não enviou ao Tribunal Regional Eleitoral o relatório financeiro das doações recebidas em dinheiro. Por força de lei, assim que receber qualquer doação em dinheiro, todos os candidatos têm 72 horas para enviar o relatório à Justiça Eleitoral, por meio eletrônico.


A presença maciça das campanhas nas ruas, santinhos, carros adesivados, jingle eleitoral, adesivos, assim como a circulação de vídeos de campanha pelas redes sociais, com produção de alto nível, que indicam a contratação de profissionais experientes na área de audiovisual, levam a este que vos escreve suspeitar, que há indícios de gastos sem declaração oficial, ou seja, caixa dois de campanhas eleitorais.


Caso chegue ao conhecimento do TRE e seja constando indícios de pagamento de campanha eleitoral sem a devida informação oficial, o órgão deverá enviar os dados à Procuradoria Regional Eleitoral, para providências cabíveis.


O eleitor-cidadão também pode contribuir com este trabalho. Basta gravar em fotos ou vídeos os atos de campanhas nas ruas de sua cidade, ou salvar os vídeos recebidos pelas mídias sociais, e enviar para a ouvidoria do TRE, com dados do candidato, local onde o fato foi registrado e outras informações que venham a auxiliar a Justiça Eleitoral. Estas informações serão analisadas junto com a prestação de contas de campanha dos candidatos.

319 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2020 por BLK Entertainment Brasil. Todos os direitos reservados a O na íntegra comunicação e mídia.