O na íntegra- jornalismo coragem

MENU
Logo
Quinta, 09 de dezembro de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

Prefeitura de Araguaína não realizara Carnaval, mas investirá R$ 2 Milhões em decoração natalina

Sem o carnaval, o prefeito Wagner Rodrigues penaliza os ambulantes e abraça os evangélicos.

107
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A prefeitura lançou o 'Natal Araguaína Iluminada' na noite da ultima terça-feira (23). O objetivo da cerimônia foi apresentar o projeto de ornamentação da cidade e da Vila Natalina na Via Lago para empresários, imprensa e comunidade, no auditório da Aciara (Associação Comercial e Industrial de Araguaína).

A decoração contará com a instalação de novos enfeites em mais de 4 mil árvores de 41 locais da cidade. De acordo com o prefeito, o investimento de R$ 2 milhões para a ornamentação natalina irá refletir na economia e momento de lazer da população.

Em contrapartida o prefeito de Araguaína, o prefeito Wagner Rodrigues (Solidariedade) antecipou que a prefeitura não realizará carnaval na segunda maior segunda cidade econômica do estado. O anuncio foi feito depois que Wagner apresentou a empresários da cidade o projeto Natal Araguaína Iluminada, que aconteceu na noite desta terça-feira, 23, na sede da ACIARA (Associação Comercial e Industrial de Araguaína). Segundo Wagner, o recurso que seria usado na festa do carnaval, a prefeitura usará para fazer obras na cidade que, segundo ele, não pára.

É contraditório, que o gestor municipal deixe de realizar o Carnaval um evento que aquece o comercio e a economia da Cidade, beneficiando além do comercio local, autônomos e vendedores ambulante.

Em meio a crise causado pela pandemia e o grande números de araguainenses que perderam seus empregos na pandemia, boa parte da população trabalha de forma autônoma e independente, com venda de alimentos e bebidas e um evento como o Carnaval seria o ideal para conseguirem uma renda extra e ter dias melhores em meio a incertezas da crise. Para o seu Francisco dos Santos, 52, vendedor ambulante no ramo alimentício, o carnaval será uma oportunidade para aumentar sua renda e dar mais tranquilidade financeira a família, que sofre com a crise.

"Eles não pensam nos mais necessitados, não pensa na gente que enfrenta uma dificuldade diária para levar comida pra mesa e alimentar a família. Essa decoração natalina, pode até beneficiar alguém, os grandes comerciantes e empresários, mas a gente pobre, ambulante, não somos enxergados pelo prefeito Wagner Rodrigues. Com quatro noites de carnaval é possível faturar muito mais que um mês vendendo nas ruas", afirmou Francisco. 

Vale ressaltar também, que o carnaval seria fundamental também para os comerciantes araguainenses, seja no ramo de pousadas e hotelaria, distribuidoras, adegas, taxistas, lojas de roupas, entre tantas outras áreas que se beneficiariam.

Carnaval Vs Pandemia 

Seria compreensível se a prefeitura de Araguaína, tivesse alegado a não realização do Carnaval por causa da pandemia causada pelo Covid19 e para evitar novas casos, mas esse não é o motivo, tendo em vista que será realizado a Marcha pra Jesus. O evento está programado pro dia 11 de Dezembro e faz parte do calendário municipal. 

O que diz a prefeitura?

Nossa equipe de reportagem procurou ouvir a prefeitura de Araguaína, mas até o fechamento desta matéria não obtivemos respostas.

Créditos (Imagem de capa): internet

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )