O na íntegra - Jornalismo Coragem

Sábado, 26 de novembro de 2022
MENU

Economia

Luciano Hang volta atrás em boicote e gasta R$ 1,3 milhão no “jornalismo ideológico” do Fantástico

“Enquanto esses programas prestarem um desserviço à nação e estiverem contra os valores da família brasileira, não iremos anunciar”, escreveu

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Apesar do boicote que instaurou contra a Rede Globo, em 2019, o empresário Luciano Hang, dono da Havan, veiculou um comercial de 60 segundos no Fantástico, neste domingo (16), um dos intervalos mais valorizados da TV brasileira.

Uma propaganda de um minuto durante o break do programa jornalístico, no preço de tabela custa R$ 1,299 milhão para ser colocada em rede nacional. O valor final varia de acordo com negociações entre as empresas. Se a mensagem for exposta apenas na Grande São Paulo, principal mercado publicitário do país, o preço é de R$ 248 mil.

A Havan começou a veicular campanhas publicitárias na Globo para todo o Brasil em setembro de 2018, justamente no intervalo do Fantástico.

Em 7 de novembro de 2019, no entanto, Luciano Hang, um dos principais apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), anunciou em texto a suspensão de contratos publicitários com a Globo por não compactuar com o que ele classifica como “jornalismo ideológico” praticado pela emissora.

 

Créditos (Imagem de capa): internet

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!