O na íntegra- jornalismo coragem

MENU
Logo
Sábado, 06 de março de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

Kátia Abreu compara "briga de galo" com "UFC" e crítica lutas 

A Senadora poderia questionar também o caos na saúde, a necessidade urgente de vacinas para todos e a volta do auxílio emergencial

114
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Senadora Kátia Abreu, usou o Twitter para criticar a modalidade de esporte conhecida como MMA e popularizada como "UFC". Na postagem a senadora questiona por que a modalidade de luta é considerada esporte e a brigas de galos, considerada crime, não é. 

Das duas uma, ou a senadora quer "biscoito" atrair visibilidades para seu perfil nas redes sociais ou é simplesmente incapaz de compreender as diferenças óbvias. Por exemplo, os praticantes do MMA decidem competirem de livre e espontânea vontade e são bem remunerados para isto, enquanto aos galos é muito simples senadora, eles não decidem brigar é uma decisão cruel dos seres humanos.

Em meio a tantos questionamentos necessários, inclusive referentes ao próprio filho Irajá Abreu, inúmeras vezes campeão de faltas no congresso, acusado de estupro e noticiado inúmeras vezes os gastos com gasolina pago com dinheiro público para namorada se locomover para academia e locais que não tem nada haver com o mandato.

A Senadora poderia questionar também o caos na saúde, a necessidade urgente de vacinas para todos, a volta do auxílio emergencial e os problemas enfrentados pelos brasileiros, mas as prioridades são outras. A Senadora quer biscoito.

Créditos (Imagem de capa): Internet

Comentários:

Veja mais

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )