O na íntegra - Jornalismo Coragem

Quinta, 07 de julho de 2022
MENU

Política

Analisando a pesquisa eleitoral Correio do povo

Não é um absurdo imaginar o Governador Wanderlei Barbosa liderando com 24%, mas é de difícil acreditar que o ex-prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas apareça com apenas14%.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Início de mais uma semana que promete agitar os bastidores políticos, e começamos com a divulgação de mais uma pesquisa eleitoral.

Sem paixões partidárias ou ideológicas, vamos fazer uma análise dos números apresentados pela pesquisa Jornal Correio do povo.

Não é um absurdo imaginar o Governador Wanderlei Barbosa liderando com 24%, mas é de difícil acreditar que o ex-prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas apareça com apenas14%. Essa realidade não existe.                                 

Não tem como você pegar Araguaína e o entorno, o trabalho e reconhecimento que acompanham o ex-chefe do executivo municipal de Araguaína e o mesmo aparecer com menos de 15% na preferência do eleitor. A conta não fecha com a realidade do atual cenário político do Estado.

Ao analisarmos os nomes dos pré-candidatos que aparecem na pesquisa em questão, abaixar o Dimas para menos de 20% nas pesquisas, só seria possível justificar inserindo a professora Dorinha e dando a ela 6%, o que descredibiliza o resultado apresentado. A deputada é declaradamente pré-candidata ao Senado e nunca esboçou interesse em disputar o Governo do Estado.

O palácio está devendo de 6% a 8% para chegar nos 30%, um Governador em exercício para ser competitivo precisa no mínimo 30 pontos percentuais . 

O Dimas depende do Senador Eduardo Gomes, para junto com Bolsonaro, chegar aos 30 pontos percentuais.

Paulo Mourão precisa de Lula para ultrapassar os dois dígitos, ou seja, abandonar os seus conhecidos 8%, passar dos 10% e assim rumar para 15% e com possibilidade de crescimento após a convenção.

Damaso precisa achar musculatura política para chegar a 10% e se mostrar viável. Tido como homem sério, empresário e deputado respeitado com perfil  de conservador da direita , ele tem sido proclamado candidato pelo ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha. Só não sabemos como os sociais cristãos, irão se juntar aos socialistas.

Uma lição fica para todos: O eleitor não é besta e não vai acreditar em pesquisas encomendadas, seja por quem for!

Créditos (Imagem de capa): Internet

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!