O na íntegra- jornalismo coragem

MENU
Logo
Domingo, 25 de julho de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

A policia brasileira que invade favelas e executa periféricos é a mesma incapaz de prender um homem ferido e acuado

A policia que é capaz de subir morros, invadir favelas dominadas pelo trafico e executar dezenas de favelados é incapaz de prender homem ferido.

103
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

É no minimo contraditório que a policia brasileira que é capaz de subir morros, invadir favelas dominadas pelo crime organizado e pelo trafico e executar dezenas de favelados seja incapaz de prender, deter ou abater um único homem ferido e acuado. Mas de fato é mais fácil invadir uma favela e assassinar pessoas  sem a devida comprovação do envolvimento das vitimas com o crime, como aconteceu em uma verdadeira chacina ocorrida em Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, que recentemente deixou 25 pessoas mortas.

Assim como também é muito fácil, abordar, apontar armas e algemar ciclista negro que fazia manobras em vias públicas como aconteceu com o eletricista e youtube Filipe Ferreira, que foi humilhado e sofreu abuso de autoridade por parte de policiais militares goiano enquanto simplesmente  filmava um vídeo para um canal que tem no YouTube.

Parece muito fácil acertar a cabeça de um  adolescente negro de 16 anos, assassinando o mesmo como aconteceu no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro, durante uma operação da Polícia Civil. Thiago Santos Conceição estava dentro de casa quando foi atingido. A polícia nega que ele tenha sido baleado durante a ação e informou que não havia mandado contra o rapaz. Além dele, morreram outras duas pessoas que, segundo a Polícia Civil, seriam suspeitas. Uma quarta pessoa ficou ferida e foi encaminhada ao hospital.

Chego a pensar que as forças policiais são treinadas para executar negros, periféricos e humilhar o cidadão menos favorecidos, sim, isto é uma realidade, basta analisar as diferentes formas de abordagens e tratamento quando envolve um individuo periférico e um individuo abastardo financeiramente.

O caso Lázaro, deixa explicito o despreparo, a incapacidade e a falência das forças policiais brasileiras, seja ela Civil ou Militar. A policia que esculacha negros, que executa periféricos e que humilha os menos favorecidos é a mesma policia que hoje é personagem do atual  "reality show" brasileiro que tornou-se mania nacional "A busca por Lazaro". Mas uma coisa é visível, nesse reality transformado em show pelos principais veículos de comunicação, o protagonista é um criminoso por nome de Lázaro que sozinho é capaz de enganar, fugir e afrontar mais de 200 policiais.

Com tudo que estamos acompanhando e dados de execuções policiais uma coisa é certa, a policia brasileira desempenha com eficiência o papel de matar favelados e humilhar e esculachar negros. 

Créditos (Imagem de capa): Internet

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )